Se o consumidor pesquisar, economia com lista de material escolar pode ser de R$ 1 mil

A soma do preço dos produtos básicos da lista de material escolar que os pais precisam comprar no início do ano pode variar em até 802%, segundo um levantamento realizado pelo comparador de preços Zoom, com base na lista de materiais avaliada e divulgada pelo Procon-SP. Os consumidores que pesquisarem antes de saírem para as compras, podem economizar até; R$ 1.156.

Os itens que apresentam maior variação de preço por conta das marcas e patentes que tanto atraem as crianças e adolescentes são principalmente as agendas, cadernos e mochilas. Por exemplo, um modelo simples custa em torno de R$ 14,89, enquanto a mochila de uma linha de carrinhos de brinquedo custa em média R$ 379,90, o que corresponde a uma variação de 2.536%.

De acordo com o diretor de operações do Zoom, Thiago Flores, as pessoas costumam não comparar preços de itens de menor valor, como lápis, canetas, lapiseira, cola e borracha porque acham que os preços são sempre os mesmos. "A compra desses pequenos itens pode custar até R$ 81,50 sem pesquisa de preços, enquanto procurando boas ofertas os pais podem gastar apenas R$ 5,36. A diferença é muito gritante e corresponde a variação de 1520%, ou seja,economia de R$ 76,14."

Fonte: Infomoney