Número de cartões supera os 687 milhões, mais de três por habitante​

O número de cartões  em circulação no Brasil subiu 9% em 2011, na comparação com o mesmo período de 2010, atingindo a marca de 687 milhões, ou seja, mais de três cartões por habitante.
De acordo com dados da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), divulgados nesta quarta-feira (21), houve crescimento de 13% no número de cartões de crédito, de 7% para cartões de débito e 10% para os cartões de rede/loja.
O levantamento também mostrou que houve crescimento de 5% no tíquete médio das operações.
Tipos de cartões
Ao final de 2011, do total de plásticos em circulação no País, o cartão de débito é o que possui o maior número: 266,3 milhões. Em seguida, aparecem os cartões de rede e loja e de crédito, com 247,4 milhões e 173,2 milhões de unidades, respectivamente.
Segundo o levantamento, o número de transações com cartões de débito se igualou ao de cartões de crédito, com 3,4 bilhões cada modalidade, e a estimativa é de que supere neste ano. “Isso ocorre porque as pessoas estão usando o cartão de débito mais corriqueiramente, transacionando pequenos valores e deixando as compras mais altas para o cartão de crédito, pela possibilidade de parcelamento”, avalia o estudo

21 de março de 2012  - Por: Fabiana Pimentel - Infomoney